terça-feira, 21 de março de 2017

TORTILHA DE BATATA E LEGUMES

TORTILHA DE BATATA E LEGUMES






Ingredientes:

6 batatas (médias)
1 cebola
1 alho francês
1 cenoura
6 ovos
½ courgette (pequena)
Salsa fresca q.b.
Azeite q.b.
Temperos: sal, pimenta, alho moído, gengibre em pó, tomilho seco, noz-moscada, molho de soja e alho em pó



Preparação:
Cozer as batatas aos pedaços pequenos e finos. Depois de cozidas escorrer e reservar.

Numa frigideira antiaderente e que possa ir ao forno, colocar um fio de azeite e a cebola pecada, deixar cozinhar por dois minutos e juntar o alho francês cortado em rodelas finas, deixar cozinhar por dois minutos e juntar a cenoura ralada (pequena), envolver tudo e temperar com sal, pimenta, salsa fresca, gengibre em pó e tomilho e um pouco de molho de soja.

Numa taça bater os ovos, com uma vara de arames, e temperar com noz-moscada e alho em pó.
Juntar, aos poucos e sem parar de envolver com uma colher, a mistura dos legumes aos ovos e envolver por último a batata cozida. Envolver tudo e retificar os temperos caso seja necessário.

Verter tudo para a frigideira, não precisa de a lavar, e dispor rodelas de courgette por cima.



Levar ao lume médio até ficar dourada a base, depois colocar a frigideira no forno pré-aquecido a 180ºC até estar cozinhada (+/- 15 minutos).  



Desenformar sobre uma tábua ou prato largo. Colocar o prato de servir sobre a base da tortilha e virar sobre o prato de servir (isto para que as rodelas de courgette fiquem viradas para cima).






Sugestão: acompanhamento de um crocante de peixe


Sugestão: com salmão grelhado, pão de semente e sumo natural




segunda-feira, 20 de março de 2017

FLAN PARISIEN

FLAN PARISIEN (OU PÂTISSIERS)












Ingredientes:
4 ovos XL
110gr de açúcar
200ml natas
80gr amido de milho
800gr de leite (meio gordo) ou bebida de soja
2 colheres (de sopa) de açúcar baunilhado
1 colheres (de sobremesa) de pasta de baunilha ou semente de uma vagem de baunilha



Preparação:
Forrar o fundo e as laterais de uma forma de fundo amovível, com cerca de 20 cm de diâmetro, com papel vegetal. E Reservar.

Tradicional
Num tacho, antiaderente, levar ao lume médio, o leite ou bebida de soja, o açúcar baunilhado e as natas.
Deixar ferver, retirar do lume e reservar.
Bater, com a batedeira os ovos e o açúcar até obter um creme fofo e esbranquiçado. Adicionar o amido de milho e bater mais um pouco.
Adicionar ao creme um pouco da mistura quente (do leite ou bebida de soja, natas e açúcar baunilhada) e mexer com uma vara de arames.
Levar novamente ao lume, baixo, a mistura quente e adicionar o creme (dos ovos, açúcar e amido de milho) e juntar a pasta de baunilha ou as sementes de uma vagem de baunilha e mexer sempre, com uma vara de arames, até ficar um creme bem preso e espesso.
Colocar o creme espesso na forma, alisar bem o topo e deixar arrefecer o creme.
Dica: colocar a forma sobre uma grelha para ajudar o arrefecimento.
Depois do creme estar frio levar ao forno pré-aquecido a 200ºC até ficar dourado.
Deve estar em vigilância para o creme não entrar em ebulição, caso o creme comece a criar bolhas baixe o forno para os 180ºC.
Deixar arrefecer, totalmente, colocar no frigorífico por pelo menos 3 horas.
Desenformar só no momento de servir.

Bimby
Colocar no copo seco e limpo o açúcar e programar: 10 segundos / velocidade 9.
Adicionar os restantes ingredientes e programar: 15 segundos / velocidade 6, e de seguida, programar: 10 minutos/ 90ºC / Velocidade 4.
Colocar o creme espesso na forma, alisar bem o topo e deixar arrefecer o creme.
Dica: colocar a forma sobre uma grelha para ajudar o arrefecimento.
Depois do creme estar frio levar ao forno pré-aquecido a 200ºC até ficar dourado.
Deve estar em vigilância para o creme não entrar em ebulição, caso o creme comece a criar bolhas baixe o forno para os 180ºC.
Deixar arrefecer, totalmente, colocar no frigorífico por pelo menos 3 horas.
Desenformar só no momento de servir.


video



 


Forma forrada com papel vegetal
Creme em processo de arrefecimento



quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

PATANISCAS DE BACALHAU

PATANISCAS DE BACALHAU DA MINHA MÃE



 As melhores pataniscas do mundo são, sem duvida, as da minha mãe!
Ficam altas, fofinhas e não ficam "ensopadas" em óleo... 






 


Ingredientes:
400gr de bacalhau (demolhado) cozido e em lascas
6 ovos
160gr de farinha com fermento
120gr de cebola
1 dente de alho
Salsa fresca q.b.
Temperos: sal, pimenta, alho em pó e gengibre em pó
Óleo – para fritar


Preparação:
Cozer o bacalhau em água.
Ainda quente (morno) retirar as espinhas e a pele e desfazer o bacalhau em lascas pequenas. Reservar.

Numa taça colocar a cebola picada (pequena) e o dente de alho picado, envolver tudo com uma vara de arames e juntar os ovos, um a um, e bater a cada adição.
Adicionar a farinha peneirada (a Mãe referiu que teria que ser uma marca especifica de farinha bem conhecida – mas como não tenho qualquer tipo de patrocínio da mesma fica o nome por revelar), a salsa picada e o bacalhau.
Depois de tudo bem, envolvido com a vara de arames, temperar a gosto (ter em atenção ao sal).
Cobrir a taça com pelicula de aderente e deixar repousar por 1h no frigorífico.





Para fazer as pataniscas: Colocar uma frigideira, em lume médio, com óleo a 1cm de altura, tirar com uma colher de comer sopa uma porção de massa e verter sobre o óleo quente.
Deixar fritar de ambos os lados… 
Depois de fritar dispor sobre papel absorvente.
Vão crescer bastante, vão ficar altas e fofas!
Rende cerca de 16 pataniscas.


DICA: Para ver se as pataniscas estão cozinhadas na perfeição espetar um palito no meio da patanisca (vários furinhos) e fazer pressão com os dentes do garfo para baixo – se sair líquido do interior é sinal que ainda está crua a massa por dentro.



Acompanhar: Com um fantástico arroz de grelos.


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

BOLO DE CREPES COM RECHEIO DE COCO

BOLO DE CREPES COM RECHEIO DE COCO







Ingredientes:
Crepes:
4 ovos
1 + 1/2 chávena de leite
1 colher (de café) de pasta de baunilha
1/2 + 1/3 chávena de Leite de coco*
1/3 chávena de manteiga liquida
1 + 1/3 chávena de farinha sem fermento
1 pitada de sal

Recheio:
110gr de açúcar
150gr de creme de leite de Coco*
500gr de leite
3 gemas
60gr de amido de milho
1 pitada de sal


NOTA: * Usei um lata de leite de coco, de 400ml.
Retirei 150gr do creme de leite de coco (ou seja a parte de cima, mais concentrada e branca da lata), para o recheio e o restante (mexi bem com uma colher e) usei para as crepes.



Preparação:
Começar por fazer o recheio:

Tradicional:
Leve ao lume todos os ingredientes, num tacho ante aderente até ficar um creme bem cremoso. Mexer sempre, sem parar, com uma vara de arames.
Bimby:
Colocar no copo o açúcar e programar: 4 segundos /velocidade 10.
Juntar o leite de coco e programar: 4 segundos / velocidade 8.
Juntar o leite, o sal, as gemas e o amido de milho de programar: 4 segundos / velocidade 6 e depois programar 9 minutos / velocidade 3.
Decorrido esse tempo verter o creme para uma taça e deixar arrefecer com uma pelicula aderente sobre o creme.


Fazer as Crepes:

Tradicional:
Colocar todos os ingredientes no liquidificador e misturar até ficar um preparado homogéneo.
Bimby:
Inserir a borboleta, adicionar os ovos, a farinha peneirada, o sal, o leite de coco, a pasta de baunilha e 50g de leite, programar: 20 segundos / velocidade 4.

 Adicionar o restante leite e programar mais 5 segundos / velocidade 4. 
Com a bimby em funcionamento na velocidade 2 juntar a manteiga derretida pelo bocal da tampa.

Numa frigideira anti-aderente (de 18cm), ligeiramente untada com óleo, fazer os crepes uma a uma.



Montagem:
Só deve montar o bolo quando os dois elementos (crepes e creme) estiverem frios.
Sobre o prato de servir, colocar camadas: crepe, creme, crepe, creme…
Finalizar com um crepe.
Polvilhar com açúcar em pó anti-humidade.

Levar ao frigorífico pelo menos 4 horas antes de servir.





HAMBÚRGUER DE FRANGO E LEGUMES

Hambúrguer de Frango e Legumes







Ingredientes:

2 peitos de frango (grandes - +/- 400gr)
1 cenoura ralada
1 cebola ralada
1/2 courgette ralada
1 dente de alho picado
1 colher (de chá) de mostarda Dijon
1 colher (de café) de molho de soja
2 colher (de sopa) de farinha
3 gotas de molho inglês
temperos: sal, pimenta, salsa picada, gengibre em pó e paprika 
pão ralado q.b.



Preparação:

Começar por picar os peitos de frango num processador.
Numa taça, juntar a carne picada, a cenoura a cebola, o dente de alho, a mostarda, a courgette, o molho inglês e o de soja e a farinha.


Envolver tudo com as mãos e temperar.
Por último envolver, com as mãos, o pão ralado, aos poucos, até atingir uma textura cremosa e moldável.

Para moldar:
Colocar uma folha de papel vegetal num superfície lisa.

Colocar um aro de metal sobre o papel vegetal e verter um pouco de preparado, com a ajuda das "tostas" de uma colher de comer sopa pressionar o preparado de forma a moldar uns hambúrgueres perfeitos e com uma altura de 1cm.


retirei a foto da Internet, para melhor explicar o processo
este é o aro que usei (tenho este conjunto de aros)


Pressionar ligeiramente o preparado das laterais do aro para baixo e puxar o aro para cima, de forma a "desenformar" o hambúrguer na perfeição.



NOTAS:
Pode congelar os hambúrgueres ou grelhar.
Esta quantidade dá para 6 hambúrgueres.



segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

CONCHAS GIGANTES GRATINADAS

CONCHAS GIGANTES GRATINADAS





Ingredientes:


Conchas
300gr de conchas gigantes
Sal
1 fio de azeite

queijo mozzarella ralado q.b.
salsa 

Recheio de Carne
500gr de carne sem gordura picada (vitela + poco)
1 cebola grande
2 dentes de alho
1 fio de azeite  
1 folha de louro
1/2 chávena de vinho branco
1/2 chávena de água  
2 colheres (de sopa) de polpa de tomate  
1/2 caldo de knorr de carne
1 colher (de chá) de açúcar
1 tomate pelado e sem sementes
1 colher (de chá) de molho de soja
1 colher (de café) de molho inglês
1 colher (de chá) de mostarda Dijon
1 colher (de sopa) de amido de milho
Temperos: sal, pimenta, salsa, gengibre em pó e tomilho


Molho de tomate
1 chalota
1 dente de alho
3 tomates pelados e sem sementes

1 fio de azeite
1 colher (de chá) de açúcar
2 colheres (de chá) de amido de milho
Temperos: sal, pimenta, molho de soja, manjericão, gengibre em pó e orégãos


Molho béchamel
500ml de leite (meio Gordo)
1/2 folha de louro 
1 fatia grossa de cebola
Noz-moscada (uma pitada)
2 cravos da India
40gr manteiga sem sal
40gr de farinha
Ou 
200ml Molho Béchamel de compra



Preparação:



Molho Bechamel
Aquecer lentamente o leite com a folha de louro, a fatia de cebola, os cravos de índia e a noz-moscada. Desligar o lume assim que o leite começa a ferver.
Tapar a panela e reservar por 30 minutos. Depois, coar o leite e reservar.
Para finalizar o molho:
Derreter lentamente, em lume baixo, a manteiga numa panela de fundo grosso e, de preferência, anti aderente.
Adicionar a farinha, mexendo com a vara de arames e adicionar aos poucos o leite, sem parar de mexer até que a mistura fique homogénea.
Não deixar que a cor se altere, ou seja, não deixar torrar!

Recheio de Carne
Levar ao lume um tacho, anti-aderente, com o azeite, a cebola picada, os dentes de alho picado e a folha de louro.
Deixar refogar um pouco e colocar a carne, envolver bem a carne com a cebola e temperar (com os temperos).
Juntar o tomate aos pedaços pequenos, o meio caldo de knorr, o vinho, a polpa de tomate, o açúcar, molho de soja e o molho inglês e deixar cozinhar.
Aos poucos, juntar a água (pode juntar mais água, se necessário). 

Deixar refogar e, por fim, juntar a salsa picada.
NOTA: Pode juntar à carne cenoura e courgette ralada.
Rectificar os temperos.
A carne não deve ter muito molho. Se tiver muito molho e este for muito liquido, deve retirar um pouco desse molho e diluir uma colher (de sopa) de amido de milho, numa taça à parte e depois voltar a juntar ao molho. Mexer até estar cremoso.
Desligar o fogão, e reservar.




Massa
Colocar a massa numa panela com bastante água e deixar cozer por 15 minutos (ou veja as instruções da embalagem).

NOTA: a massa deve de estar "aldente".
Escorrer a massa e reservar.






Molho de tomate
Num tacho anti-aderente colocar um fio de azeite, a chalota picada e o alho picado, e deixar cozinhar até ficar translucida.
Juntar os tomates pelados (= sem pele) e sem sementes, aos cubos e o açúcar.
Temperar (com os temperos), mexer e deixar cozinhar por 10 a 15 minutos.
Desfazer o tomate com a varinha.
Diluir o amido de milho num pouco de água e juntar ao molho, deixar cozinhar até ficar com uma consistência bem cremosa.



Montagem:


Confesso que esta é a parte mais dolorosa deste prato, porque a carne está quente a massa também, é sem duvida um verdadeiro teste à resistência

Rechear as conchas com a carne picada (uma a uma) e colocar num pirex/travessa alinhadas.
Regar com um pouco de molho de tomate (não se deve colocar muito molho, só o suficiente para que a massa não fique seca).


Cobrir com o molho béchamel (não deve exagerar).

Polvilhar com queijo ralado e com salsa picada.
Levar ao forno pré-aquecido a 220ºC por 30 minutos. 
Nos primeiros 15 minutos, cobrir o pirex/travessa com papel de alumínio. 
Depois, retirar o papel de alumínio e deixar gratinar.



quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

PÃO RECHEADO

PÃO RECHEADO






Ingredientes:
1 pão grande com +/- 25 a 30cm (pode ser saloio, D’avó, de mistura de trigo e centeio ou pode ser rústico)
1 frasco de maionese (+/-400ml)
200gr de fiambre (perna extra)
200gr de queijo ralado (4 queijos)
150gr de linguiça
Cebolinho q.b.


Preparação:
Pré-aquecer o forno a 180ºC,

Retirar a pele da linguiça e picar em pedaços pequeno.
Cortar o fiambre em quadrados pequenos.
Colocar a linguiça e o fiambre numa taça, juntar o queijo e o cebolinho e envolver bem.
Colocar a maionese aos pouco e mexer.
 A textura do recheio deve ser bastante cremosa (pode não vir a precisar da maionese toda).
Reservar o recheio.

Com cuidado cortar a parte de cima do pão, de maneira a servir de “tampa” do pão.
Cortar o interior do pão, a toda volta e de forma a só atingir o miolo e não a côdea (deixar uma margem de miolo de 1cm a toda volta, e com a ajuda de uma colher de sopa retirar o miolo de preferência inteiro.
Cortar o miolo em pedaços (5x5cm) e reservar.

Verter o recheio para o interior do pão.
Colocar papel de alumínio à volta do pão (sem a parte de cima do pão / sem a “tampa”), mas ter em atenção para não deixar o papel de alumínio em contacto com o recheio.
Colocar o pão num tabuleiro e levar ao forno por +/- 30 minutos.
Decorrido esse tempo abrir o papel de alumínio e verificar se o recheio está derretido. Se sim, colocar à volta a “tampa” e os pedaços de miolo e levar novamente ao forno até este estar com o recheio douradinho e o miolo tostado.


Servir quente acompanhado com o miolo tostado e pão tostado.

RACLETTE

MESA DA "RACLETTE"





Não é segredo que sou uma apaixonada por viajar…

Um país que costumo visitar todos os anos, pela facilidade de ter lá família que me acolhe e me passeia e a quem desde já agradeço, e por ser num país que me transmite tanta paz é a Suíça

É, majestosamente, lindo o país!

Por hábito, sempre que vou, uma das refeições que faço é a RACLETTE – uma comida tipicamente Suíça, que nós (família) adaptámos um pouco ao gosto “Tuga”.

Os suíços comem a raclette do pão, ou seja, pão e o queijo (específico para a raclette) derretido por cima. 
Já tive o privilégio de comer assim em plena festa do vinho (em outubro), às três e tal da manhã – uma experiência única que vou guardar na minha memória.




Mas nós, fazemos uma raclette bem mais “recheada”. ;)



Cá em casa, uma mesa da raclette tem:
  • batatas cozidas com pele;
  • queijo da raclette de boa qualidade, laminado com +/- 6mm de espessura (existe vários sabores: simples, com pimenta, com alho, com paprika e etc.);
  • charcutaria variada: fiambre (peru, frango, porco), bacon, mortadela (de peru, de porco, com azeitonas, com pimento, de caranguejo, de delícias do mar), salame, paio, salsichão, e etc.;
  • pickles: de pepino, de couve-flor, de cebola, de espargos e etc.;
  • carne crua (para depois pôr a grelhar na grelha superior da máquina da raclette): bifes (de peru, de frango e de vitela) e salsichas tipo blockwurst;
  • cebola crua (para colocar no fundo da espátula, depois coloca o queijo e leva a derreter);
  • azeitonas sem caroços (pretas e verdes);
  • pão;
  • E claro,uma boa máquina da raclette.


Algumas fotografias da Suíça: